NEBULOSA DA CARINA

7500 anos luz

Uma das regiões mais brilhantes da Via Láctea está localizada na constelação da Carina (a quilha). Conhecida como Nebulosa da Carina, é composta basicamente por gás de hidrogénio. A cor avermelhada na imagem representa emissão de radiação proveniente da interacção entre o gás de hidrogénio e a luz ultravioleta das estrelas próximas. A estrela mais brilhante da nebulosa, conhecida por Eta Carina, é uma das estrelas mais brilhantes da Via Láctea.

CRÉDITOS: CAPELLA-OBSERVATORY / CIEL ET ESPACE.